Como criar disciplina em 4 passos

Saiba agora como criar disciplina.

A disciplina é um dos grandes alicerces do sucesso profissional e até mesmo pessoal. À medida que trabalhamos nessa virtude, colhemos mais resultados consistentemente, melhoramos a qualidade do nosso trabalho, ganhamos mais reconhecimento e até nos sentimos mais realizados. Mas que tal mais disciplina?

Quando há disciplina, há plantio contínuo. Se nos acostumarmos a ser consistentes e plantar sempre sementes saudáveis, também colheremos frutos saudáveis.

Às vezes é fácil perceber e ficar chateado quando a vida parece estar em uma rotina cansativa, sem resultados e sem desenvolvimento, mas como resolver isso? Podemos começar com uma boa dose de foco e disciplina! E como se concentrar melhor e ter mais disciplina, isso é o que vamos aprender a seguir!

Para obter bons resultados, vamos começar com uma análise de como nos sentimos hoje, por exemplo, você está totalmente feliz ou há algum? Você gostaria que fosse melhor?

Assim você pode analisar todos os aspectos da sua vida, seja financeira, profissional, pessoal, enfim, tudo que você gostaria que fosse melhor.
E veja, realmente é. É importante escrever essa autorreflexão, não fique só na cabeça, lembre-se que coisas importantes sempre são colocadas no papel!

A partir daí você pode aplicar algumas regras para acelerar e melhorar seus resultados e ser mais bem sucedido!

1- Tenha organização

Disciplina é quando a nossa organização, a gestão do tempo (produtividade) e a gestão da energia (eficácia) são respeitadas. É a ordem das pequenas coisas.

A organização vem em primeiro lugar porque está associada a apreciar as pequenas coisas e respeitar o que você tem.

É muito difícil quando disciplinado nosso local de trabalho está um caos quando nosso casa está uma bagunça, quando nossas coisas estão espalhadas ou quando não sabemos onde estão nossos suprimentos e equipamentos.

Esta organização básica parece simples e na verdade é. Mas faz uma grande diferença em nossa capacidade de manter a clareza mental e exercitar a disciplina. Quando partimos de uma ordem em termos das coisas mais básicas, fica mais fácil organizar nossas ideias, tarefas e projetos mais complexos.

2- Aprenda a dizer não

Um fator importante dentro da disciplina é o entendimento de que nem sempre temos que ser capazes de fazer tudo. Aprender a falar não é, portanto, absolutamente necessário. Isso significa aprender a se posicionar, estabelecer limites.

Ninguém mais é obrigado a conhecer nossos limites.

Se não traçarmos aquela linha que define até onde vamos ou queremos ir, outros as pessoas não vão saber. É natural que as pessoas queiram coisas e resultados que as beneficiem, com base em seus interesses individuais. Se não limitarmos, eles sempre vão querer mais.

O que eu não vou fazer? O que vou parar de fazer para me concentrar no que quero?

Pensar constantemente sobre isso e agir de acordo é crucial. Caso contrário, temos tantas coisas para fazer ao mesmo tempo que não conseguiremos alcançar o que é nossa prioridade.

3- Estabeleça seu tempo

A gestão do tempo está ligada à produtividade e significa respeitar o que se faz. Saber o que fazer e fazer certo.

Na vida cotidiana, tomamos decisões com base em muitos fatores. Às vezes fazemos algo por pressão social, porque sentimos que temos que fazer ou porque alguém nos pediu.

Respeitar o tempo tem a ver com valorizar o que é verdadeiramente fundamental.

Sempre que sabemos o que fazer ou não fazer, sentimos porque o que não fazer nos incomoda e o que fazer flui.

Uma maneira de fazer isso Descobrir é perceber o coisas que consomem nossa energia no dia a dia e muitas vezes não percebemos. Em geral, essas coisas são inúteis e ao mesmo tempo não fazem nosso coração bater, não trazem nenhum retorno.

Por exemplo: Tenho que responder toda vez que alguém me chama no WhatsApp? Preciso acessar minha caixa de entrada e responder e-mails o dia todo? Em outras palavras, podemos observar praticamente o que estávamos fazendo hoje, se sua energia drenando e se o que estávamos fazendo é necessário. Caso contrário, podemos descartá-lo.

Portanto, a gestão do tempo é a gestão eficaz do nosso tempo e da nossa energia vital. Não perca tempo com algo que não acrescenta nada. Saber dizer não, os limites da disciplina.

Para administrar o tempo, devemos ter uma direção clara e ser adeptos de trilhar o caminho para a meta.

4- Veja suas prioridades

É muito melhor fazer uma coisa de cada vez e com qualidade do que um número infinito de coisas sem qualidade.
Multifoco ou multitarefa são ilusões de produtividade. Achamos que fazer muitas coisas ao mesmo tempo economiza tempo, quando na verdade consome mais energia.

Pular de uma tarefa para outra consome energia tanto para acompanhar as novas tarefas para conectar quanto bem como ao retornar às novas tarefas. anteriormente. Esse período de ajuste gera desperdício de energia e tempo.

Nem sempre temos consciência dessas limitações, mas o fato é que tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo nos impede de entrar em um verdadeiro estado de concentração. Em outras palavras, bloqueia o desenvolvimento de nossa disciplina.

Leia também:

Leia mais

Recommended For You

About the Author: Carol Sena

2 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.