Como desenvolver resiliência

Algumas pessoas parecem ter nascido com uma incrível capacidade de superar obstáculos, mudanças indesejadas e tragédias com relativa facilidade. Essa é uma característica que os neurocientistas chamam de resiliência.
Resiliência refere-se a diferenças individuais ou experiências de vida que podem ajudar as pessoas a lidar positivamente com situações adversas e ajudá-las a lidar com o estresse no futuro, o que pode impedir o desenvolvimento de transtornos mentais.


Indivíduos resilientes são capazes de acreditar em si mesmos e em sua capacidade de lidar efetivamente com os desafios da vida. Além disso, aqueles que são mais resilientes do que outros tendem a ser mais proativos e mais aptos a trabalhar duro para evitar que certos problemas e doenças ocorram. Pessoas resilientes esperam enfrentar desafios em diferentes momentos de suas vidas. Isso permite que eles ajustem seus objetivos e encontrem maneiras de se ajustar.

Resiliência é um termo da física. Está relacionada à propriedade de alguns corpos de retornar à sua forma original após a deformação elástica.

As pessoas que podem agir sob pressão são engajadas e acreditam que o que estão fazendo é importante e vale o esforço, têm maior senso de controle e veem as demandas de um evento estressante mais como oportunidades e oportunidades. não como uma ameaça.

São qualidades fundamentais para a vida pessoal e profissional, pois obstáculos e dificuldades podem surgir e devem ser superados. Por exemplo, nos últimos anos, vários acontecimentos obrigaram as empresas a adaptarem-se a uma série de mudanças que afetaram diretamente a forma como os trabalhadores trabalham.

Porém, em psicologia, resiliência é a capacidade do indivíduo de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças e superar ou resistir a obstáculos Compreender a pressão de situações adversas – choque, estresse, qualquer tipo de evento traumático – sem cair em uma explosão psicológica, emocional ou física e encontrar soluções estratégicas para enfrentar e superar as adversidades.

1- Busque uma atitude positiva.

2- Aprenda com as situações difíceis.

3- Faça terapia.

4- Trate do nervosismo interno com música, dança, livros, escrita, pois auxiliam a liberar o estresse.

5- Tenha hábitos mais saudáveis como alimentação, esportes, saúde dentre outros.

6- Seja otimista.

Recommended For You

About the Author: Carol Sena

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.